Protocolo: O Caminho do Coração Presente Baseado em Mindfulness e Autocompaixão (CCP)

Apresentação Institucional

TVPSI – Empresa comercial de telecomunicações, operação televisiva e comunicação social, treinamento, consultoria e produção de conteúdo voltado à saúde mental, sediada no distrito de Lisboa, Portugal. Identificação fiscal: NIF/NIPC 289 336 180.

www.tvpsi.tv

Instituto Psiconsciência – Entidade civil associativa, sem fins lucrativos, dedicada à pesquisa neurocientífica e ao desenvolvimento de cursos e programas de capacitação profissional e acadêmica, bem como à prestação de serviços de atendimento clínico e de consultoria internacional, sediada no distrito de Lisboa, Portugal. Identificação fiscal: NIF/NIPC 514 407 964.

  • A Escola de Mindfulness – O Caminho do Coração Presente Emccp, segmento educacional do instituto, prima por formar, preparar e cuidar das pessoas, pares ou grupos que dela se servem de acordo com os princípios básicos: Tudo pela valorização da vida e cuidado com o Planeta. 

www.institutopsi.org

Do conceito

O protocolo CCP prima por explorar a interseção entre a mente, o coração e a respiração. Incorpora conceitos ocidentais da Psicologia Cognitivo-Comportamental, da Neurociência, da Teoria Piagetiana, da Psicologia de Jung e da Psicologia Budista. É concebido a partir da da prática clínica, da experiência direta com a Tradição Budista Tibetana e do Sistema Yoga (Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, desde 2014). Pauta-se nos protocolos MBSR (Mindfulness-Based Stress Reduction), MBCT (Mindfulness-Based Cognitive Therapy), MBCDP (Mindfulness-Based Compassion Development Program) e MBSP (Mindfulness-Based on Strengths Practice).

 A proposta do protocolo CCP compreende a busca de recursos que possam proporcionar um melhor desenvolvimento, individual e social. Representa mais um conjunto de ferramentas para manejar questões do cotidiano e ampliar a gama de alternativas para a concentração, como foco e equilíbrio, no intuito de promover o aumento da qualidade de vida. 

Em que consiste: o protocolo é constituído por um elenco de práticas e de vivências estruturadas, baseadas em evidências científicas, com o fim de criar uma avenida para construir novos caminhos neuronais, estimular comportamentos e proporcionar experiências sensoriais vocacionadas ao aumento da saúde, com incentivo ao autocuidado e à autocompaixão. Busca promover um relacionamento interpessoal construtivo, de empatia e de compaixão, em prol de formar instrutores e − mais do que isso − participar da formação de uma nova cidadania, mais consciente das responsabilidades éticas e da necessidade de despertar o ser virtuoso que reside em cada coração, sustentando a bandeira da Valorização da Vida e do zelo para com nosso Planeta.

Da estrutura

O Curso completo:  trata-se de um programa evolutivo composto por 3 níveis, com 3 módulos cada um (cada módulo corresponde a um ciclo de 2 meses) mais um Módulo Especial de Conclusão de Curso. A carga horária para formação de instrutores está prevista em 344 h/a, distribuídas em um período mínimo de 20 meses.

Nível Básico (NB) Princípios e Forças do Mindfulness, disposto em 3 módulos, com uma aula por semana, um encontro mensal e um retiro no final de cada módulo;

Nível Intermediário (NI) Comportamento e Fisiologia do Mindfulness, igualmente disposto em 3 módulos, com uma aula por semana, um encontro mensal e um retiro no final de cada módulo;

Nível Avançado (NA) Pedagogia e Psicologia do Mindfulness, também disposto em 3 módulos, com uma aula por semana, um encontro mensal e um retiro no final de cada módulo;

Módulo de Conclusão (MC) – Consiste em orientação direta, individual e em grupo para a construção e conclusão de um artigo. Uma vez concluído o Nível Avançado, o participante deverá apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso – TCC (artigo), em seminário.

O curso será ministrado na modalidade online, síncrona, por meio de plataformas na internet, inclusive os retiros.

Os retiros têm como base a prática intensiva e sistemática de mindfulness; posturas, movimentos corporais conscientes, alimentação consciente e atividades de artes, como meditação ativa. Após o término do curso, será conduzido um retiro final de 7 dias, facultativo, a ocorrer nos Himalaias, presencialmente.

A supervisão é pré-requisito para que o participante possa desenvolver suas atividades como instrutor, tendo para tanto que completar 46 horas, 16 das quais estão cobertas pelo programa. Ou seja, as 30 horas restantes deverão ser contratadas em separado pelo participante e de acordo com a disponibilidade da escola. 

Os módulos avulsos podem ser contratados separadamente, segundo critérios estabelecidos pelo Conselho Diretivo do Instituto Psiconsciência.

O Participante receberá:

  • Diário de Bordo do Meditante;
  • ●       Certificado de conclusão de cada módulo;
  • Certificado de Conclusão do Nível Básico, Qualificação (na conclusão do nível Intermediário) e Certificação de Instrutor de Mindfulness (na conclusão de curso).

Do compromisso pessoal

  • Estar presente em pelo menos 75% da carga horária do programa;
  • Disponibilizar tempo para o cumprimento da carga horária indireta (atividades desenvolvidas individualmente e de pesquisa);
  • Entregar o Diário de Bordo do Meditante e o Trabalho de Conclusão de Curso TCC. Apresentação de seminário do TCC.
  • Para alcançar o título de Instrutor de Mindfulness, o participante que não apresentar o número de horas de meditação e práticas desenvolvidas a contento, será indicado a cumprir 60 horas suplementares, por três meses, em estágio supervisionado, não remunerado, dentro das atividades da Emccp.

Da pedagogia

O programa se fundamenta na experiência direta, no inquiry (autoinvestigação), desenvolvendo de forma simples e vivencial as condições para que o indivíduo possa construir um conjunto de habilidades autorreguladoras baseadas na plena atenção; trazendo fortalecimento e integração, ampliando assim os recursos internos inerentes a todos. Apoia-se, ainda, na psicopedagogia cognitivo-comportamental de Aaron Beck (1921), nas teorias Construtivista e Cognitivista de Jean Piaget (1986-1980) e na Psicologia Analítica de Carl Gustav Jung (1875-1961). Este curso apoia-se na experiência direta com a tradição e estudos da Psicologia Budista, no protocolo do Prof. Dr. Jon Kabat Zinn, Curso de 8 semanas – Mindfulness-Based Stress Reduction (MBSR), bem como nos trabalhos desenvolvidos pelos Profs. Drs. Marcelo Demarzo & Javier Campaio, Mark Williams & Danny Pennam, Kristin Neff e Christopher Germer entre outros. Cujos resultados favoráveis estão demonstrados pelos estudos da Neurociência, da Psicologia e da Medicina.

 O objetivo primário da formação é oferecer um conjunto de atividades sistematizadas, metodologicamente aplicáveis de forma individual, em pares ou grupos.

habilitar pessoas com conhecimentos, aptidões e proatividade necessárias na construção do paradigma do aumento da qualidade de vida e da valorização da vida no planeta.

Dos objetivos pedagógicos:

  1. Ao concluir o Nível Básico (NB), o participante estará apto a aplicar as técnicas de mindfulness em seu benefício próprio e por conseguinte estender estes benefícios às demais pessoas, nas diversas vertentes de sua vida.
  1. Ao concluir o Nível Intermediário (NI), o participante estará apto a aplicar as técnicas do mindfulness, tanto para aplicação destas na sua própria vida quanto para oferecer formações, sob supervisão da equipe da Emccp, e receber a Qualificação Certificada pela mesma.
  1. Ao concluir o Nível Avançado (NA), o participante estará apto a aplicar as técnicas do mindfulness em nível pessoal e profissional, desde que supervisionado, e estará apto a cursar o Módulo de Conclusão.
  1. Ao concluir o Módulo de Conclusão (MC), o participante estará apto:
  • a aplicar as técnicas do protocolo CCP em nível pessoal e profissional, sem supervisão,
    •  a receber o Título de Instrutor Certificado em Mindfulness – O Caminho do Coração Presente;
  • a publicar um artigo na plataforma colaborativa das redes integradas à Emccp;
  • a conduzir com destreza as atividades de mindfulness, no sentido de propiciar a formação de pessoas ou grupos voltados para o cultivo de modos de aprender e de ser, na lida do dia-a-dia.

Dos Pré-requisitos:

  • Ingresso para o NB, aceite pelo CDIP;
  • Do NB para o NI, conclusão e alcance de 75% da Avaliação 1;
  • Do NI para o NA, conclusão da avaliação 2, entrega do Diário de Bordo do Meditante, relatório de atividades desenvolvidas durante o estágio.
  •  Do NA para o Módulo 10, entrega do TCC e apresentação do seminário na Mandala Multifacetada.                 

Das avaliações

Todas as atividades executadas ao longo dos módulos serão avaliadas e comporão o conceito final de cada participante.  Os seguintes documentos serão entregues até o final do curso:

  1. Trabalho de pesquisa e elaboração de um artigo;   
  2. Duas avaliações online;
  3. Relatórios sobre as atividades desenvolvidas durante os estágios e/ou retiros;
  4. Diário de Bordo do Meditante;
  5. Trabalho de conclusão de curso (TCC) e
  6.  Apresentação de seminário PowerPoint ou similar.

Avaliação de desempenho:

Serão realizadas avaliações por meio da observação da evolução do participante durante a sua trajetória no curso;

Serão avaliadas as conduções de práticas no sentido de orientar e formar o participante em condutor das práticas formais;

Será avaliada a apresentação em PowerPoint (similar) do TCC.

Será avaliada a consistência do conteúdo e o enquadramento das normas de redação adotadas pela Ecpp. 

Serão analisadas as autoinvestigações (inquiry) feitas por cada participante (o Conselho Diretivo seguirá os critérios internacionais de formação de instrutores);

Além da presença ativa nas aulas, estima-se que o participante deva praticar diariamente dos exercícios propostos no protocolo CCP. Da prática diária dependem as mudanças e os resultados esperados em relação às evidências documentadas pela psicologia, medicina e neurociência, nas diversas pesquisas atualmente divulgadas, em relação aos índices de qualidade de vida, de felicidade e do incremento da saúde, de forma geral.

Da relevância

A formação de Instrutores deMindfulness assume um papel central e de crescente importância (a par da saúde mental) perante os novos desafios que surgem no mundo, tais como adoecimento psíquico, estresse, aumento do número de suicídios, depressão e ansiedade. Por consequência, avulta a importância de agentes para condução das práticas de mindfulness, sendo necessária para isso a aquisição de competências específicas. 

 A Emccp distingue-se por oferecer desde cursos avulsos a Certificação Profissional em Mindfulness, nos níveis de Qualificação e de Instrutor e, ainda, a formação de Instrutor Supervisor.

Neste contexto, faz-se mister aprimorar atitudes e habilidades que, integradas, impulsionem o adequado desenvolvimento profissional.  O desafio se evidencia pela escassez atual de talentos profissionais que se elevem ao nível mínimo de sensibilidade e compreensão para o verdadeiro exercício da prática de mindfulness, a ponto de o aprendiz se tornar instrutor. A formação assume, assim, um papel decisivo para o preparo de pessoas que, a partir de suas vocações e características internas, adquiram os conhecimentos teóricos e práticos indispensáveis à apreensão e ao uso do amplo conjunto de recursos proporcionados pela utilização do mindfulness em seu vasto campo de aplicação.

Importa ter presente que as competências que uma pessoa adquire ou desenvolve na formação devem corresponder às funções que irá desempenhar no âmbito da sua vida profissional, seja agindo como autônoma ou atuando em uma Instituição.

Preparar uma pessoa para a vida ativa profissional é oferecer meios para adquirir conhecimentos e oportunidades de trabalho que envolvam as seguintes competências (saber-saber; saber-fazer; saber ser/estar e saber evoluir):

O Saber-saber – (científica, técnica e tecnológica) Conhecimentos gerais e específicos necessários ao exercício da função; apela ao raciocínio. Estes conhecimentos são denominados de conhecimentos teóricos. 

O Saber-fazer – (técnica operativa) Capacidade para realizar o trabalho; inclui o conjunto de instrumentos, métodos e técnicas necessárias para um bom desempenho profissional; apela às qualidades de operacionalização dos saberes técnicos, tecnológicos e científicos. 

O Saber Ser/Estar – (socioprofissional e geral) Atitudes, comportamentos (competências sociais e relacionais), modos de estar adequados à função e às necessidades do contexto; apela às qualidades interpessoais. 

O Saber Evoluir – Conjugação de conhecimentos, capacidades e atitudes que visam a adaptação a novas situações, saber intuitivo.

 A certificação como Instrutor em Mindfulness pretende reforçar a qualidade da Formação Profissional através dos seguintes objetivos:

  1. Valorizar a certificação da aptidão pedagógica da pessoa como Instrutor em Mindfulness;
  2. Estimular a mobilização das competências pedagógicas para bem conduzir práticas de mindfulness, nos diferentes temas a serem introduzidos;
  3. Estabelecer a obrigatoriedade da Formação em Mindfulness, garantindo uma intervenção qualificada neste domínio. 
  4. Adquirir os conhecimentos gerais e específicos – “saber-saber”; capacidades práticas – “saber-fazer”; as atitudes e comportamentos – “saber ser/saber estar” e conjugação de conhecimentos, capacidades e atitudes- “saber evoluir” 

Do método

  • Expositivo: explanação oral, por meio de slides, vídeos;
  • Demonstrativo – práticas formais de mindfulness abordadas:
  • Meditação do Escaneamento Corporal — observação das partes específicas do corpo e atenção à respiração;
  • Pose Corporal — posturas básicas voltadas para a consciência corporal inspiradas no sistema Yoga;
  • Meditação Sentada — atenção plena na respiração, sentimentos, emoções, pensamentos;
  • Meditação na Caminhada — atividades de caminhar promovendo a sustentação da mente no ato de caminhar (passeio contemplativo em silêncio);
  • Mindfulness no Movimento: proposta de manter a mente conectada com os movimentos do corpo e a respiração durante a prática de posturas corporais ou caminhadas.
  • Mindful Eating: proposta de desenvolver a consciência alimentar;
  • Mindfulness & Compaixão: conjunto de práticas voltadas para o despertar e desenvolvimento da valorização da vida, centrado no cuidado para consigo próprio e para como outro.
  • Mindfulness & Expressão Artística: práticas de meditação ativa, com emprego da arte em termos terapêuticos e abertura para possíveis talentos inatos.
  • Interrogativo:
  • Autoavaliação — cada participante deverá fazer a avaliação de seu desempenho pessoal durante o curso e desenvolver a prática do “inquiry” (autoinvestigação);
  • Avaliação:

 a) Por meio de perguntas abertas e fechadas nas duas possibilidades a seguir:

1) cada participante deverá preencher 3 avaliações online,

2) fazer um parecer a respeito do curso segundo perguntas e critérios que serão apresentados durante a primeira sessão,

b) Por meio da análise:

 1) diário de Bordo do Meditante e

2) artigo (tema a ser escolhido junto à orientação científica)

3) apresentação de um seminário no tema do artigo produzido durante o curso. 

  • Dinâmicas
  • Prática Formal individual:
  • Com áudios de até 50 minutos por dia de prática formal;
  • Troca entre o grupo, em forma de depoimento, a respeito da experiência pessoal (na 1ª pessoa);
  • Observação das habilidades e capacidades de autorregulação, (correto assim) de modo a desenvolver mais e mais a atenção plena, diminuindo o “modo piloto automático”: responder, ao invés de reagir;
  • Recursos didáticos: o curso será ministrado na modalidade EAD. O material de suporte (texto, vídeo e áudio) estará hospedado em plataforma específica da internet e será gerado um grupo, específico para cada turma, em aplicativo de interação, servindo como fórum de discussões a respeito das práticas e para dirimir eventuais dúvidas. Serão solicitados ao participante recursos como papel, caneta e eventualmente algum material de artes plásticas, além do aparato tecnológico necessário para garantir a viabilidade de sua participação nas aulas. 

b) Práticas Informais Sugeridas:

  • Atenção deliberada nas atividades ou eventos rotineiros diários;
  • Aplicação espontânea das práticas formais no dia a dia.
  • Características Principais do Programa:
  • Compromisso, autodisciplina e intencionalidade;
  • Curso em formato online e autodidata;
  • Mínimo 20 e máximo de 40 participantes por grupo;
  • Curso interativo;
  • Estímulo à prática individual e grupal;
  • Incentivo à prática diária e reformulação do modus vivendi, focado na melhora da saúde mental, física e social;
  • Conceitos Relevantes:
  • Neurotransmissores envolvidos;
  • Processo empático;
  • A importância do corpo;
  • Como lidar com as emoções, a partir da perspectiva Mindfulness;
  • A importância da respiração;
  • Respiração consciente;
  • Aceitação x controle;
  • Curiosidade x preconceito;
  • Sistema Nervoso Autônomo;
  • Fisiologia do stress;
  • Autocompaixão e Compaixão.

O currículo:

Módulo Introdutório: apresentação da proposta do CCP

Dos critério e pré-requisitos para ingressar na formação:

  • Ter passado por experiências de meditação ou participado pelo menos de alguma atividade de mindfulness (preferencialmente dentro da Escola), de acordo com o parecer do Conselho Diretivo do Instituto Psiconsciência (CDIP)
  • Apresentar currículo;
  • Enviar uma Carta de Intenção (segundo modelo);
  • Responder ao questionário de admissão;
  • Passar por entrevista (previamente marcada) por um dos instrutores da Escola
  • Formalizar a matrícula no curso.

 Curso de Formação de Instrutores

  • Nível Básico (NB) – Princípios e Forças dos Afetos & Mindfulness: Composto por 3 módulos com carga horária de 75h/a.
  • Módulo 01 NB   Autocompaixão & Compaixão (NBM1-AC) – 25 h/a;

–  Curso de 08 Semanas com 09 encontros:

– 8 Encontros semanais de 2h30min = 20 h/a;

– 1 Retiro: 5 h/a.

  • Módulo 02 NB Comunicação Amorosa (NBM2-CA) – 25 h/a;

– Curso de 08 Semanas com 09 encontros: 

–  8 Encontros semanais de 2h30min = 20 h/a;

– 1 Retiro: 5 h/a.

  • Módulo 03 NB Mindfulness & Força dos Afetos (NBM3- MFC) – 25 h/a;

– Curso de 08 Semanas com 09 encontros:

– 8 Encontros semanais de 2h30min = 20 h/a;

– 1 Retiro: 5 h/a.

Projeto de Pesquisa: Início do trabalho de pesquisa e avaliação (artigo)

  • Nível Intermediário (NI) – Comportamento e Fisiologia do Mindfulness Composto por 3 módulos com a carga horária total de 90 h/a
  • Módulo 04 – Mindfulness & TCC Psicologia Cognitivo-Comportamental (NIM4-MTCC) – 30 h/a

 – 08 Encontros de 3 horas: 24h/a;

1 Retiro: 06 horas.

  • Módulo 05 – Mindfulness & Neurociência – 30 h/a

– 8 Encontros de 3 horas: 24h/a;

– 1 Retiro: 06 horas.

  • Módulo 06 NI – Mindfulness & Cognição Social – 30 h/a

– 8 Encontros de 3 horas: 24 h/a;

– 1 Retiro: 06 horas.

Nível Avançado (NA) – Pedagogia e Psicologia do Mindfulness – Composto por 3 módulos com a carga horária de h/a:

  • Módulo 07 MA – Pedagogia do Mindfulness – 30 h/a

– 8 Encontros de 3 horas: 24 h/a;

1 Retiro: 06 horas.

  • Módulo 08 MA – Psicologia Budista e o Pensamento Junguiano – 30 h/a

– 8 Encontros de 3 horas: 24 h/a;

1 Retiro: 06 horas.

  • Módulo 09 MA – O Caminho do Coração Presente – 30 h/a

–  8 Encontros de 3 horas:24 h/a;

1 Retiro: 06 horas.

  • Entrega do Diário de Bordo do Meditante.
    • Cumprimento de 30 horas de atividades supervisionada (ocorreram durante as aulas dos NI E NA).

Confecção e apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso com a carga horária de 30h/a.

  • Módulo 10 – Conclusão de Curso 10h/a;

–5 encontros de 2 horas;

– Apresentação geral do trabalho de Conclusão de Curso – Mandala Multifacetada

– 20 horas de pesquisa.

  • Orientação de projeto final: integrando o mindfulness à sua missão de vida. Apresentação do Trabalho Final: Mandala Multifacetada 20 minutos por pessoa.
    • Carga horária indireta (prática individual e pesquisa): média de 160 horas.

Carga horária total do curso: h/a 344

  • Observações: retiro (opcional) de 07 dias: Viagem à Índia (Himalaias).
    • Estágio de 60 horas em 3 meses (quando recomendado pelo Conselho da Diretivo do Instituto Psiconsciência).

Regimento Interno

Da condição de viabilidade: para participar do Curso de formação do CCP com modalidade on-line por meio das Plataformas da internet o participante deverá:

  • Estar conectado à internet;
  • Dispor de um local reservado para participar das sessões online;
  • Estabelecer um local para a prática diária de meditação.

Do público-alvo psicólogos, médicos, dentistas, terapeutas, advogados, fisioterapeutas, assistentes sociais biólogos, pedagogos, professores e para aqueles que tenham interesse em se tornar um instrutor de mindfulness.

Do contrato financeiro:

O participante poderá contratar módulos avulsos (de acordo com os critérios do Conselho Diretivo do Instituto Psiconsciência) ou contratar o curso e efetuar o pagamento por Nível.

Matrícula: R$690,00 (esta parcela aplica-se ao participante que tem interesse em contratar o curso de Formação de Instrutores. No caso do participante que tenha interesse em iniciar apenas cursando módulos avulsos, o pagamento desta taxa será pré-requisito o ingresso no Nível Intermediário).

Categoria 1) Contratação por módulo: valor por módulo (2 meses): R$2.570,00 = 2 parcelas de R$1.285,00

Categoria 2: Contratação por Nível: valor do módulo ao contratar o Nível: 3 módulos de R$2.200,00, equivale à 6 parcelas de R$1.100,00 por mês = R$6.600,00 por semestre.

Módulo Especial de Conclusão de curso: R$2.500,00.

Categoria 3) Contratação do curso completo: 3 módulos NB, NI, NA e MC = 20 meses equivalente à 20 mensalidades de 950,00

Protocolo e ficha de Inscrição: (Anexos)

Regimento Internacional

Do institucional – A Escola: de Mindfulness – O Caminho do Coração Presente, sediada em Torres Vedras, Lisboa – Portugal, acompanha as Diretrizes Britânicas para Instituições que Oferecem Supervisão de Facilitadores em Intervenções Baseadas em Mindfulness (IBM).

Dos Critérios e regulamentos – Definição De Supervisão Em Mindfulness:

Espaço regular contratado entre o supervisionado (candidato a tornar-se Instrutor Certificado deMindfulness) e a equipe de instrutores-supervisores que permite reflexão sobre o ensino baseado em mindfulness realizado pelo supervisionado. Facilita seu desenvolvimento humano o quanto este ensino interfere em sua prática pessoal e em sua vida.

O processo de supervisão tem o propósito de cultivar integridade e segurança e de aprofundar a compreensão e a efetividade da aplicação de mindfulness do supervisionado, tanto pessoalmente quanto em contexto laboral.

  • Experiência, Treinamento e Ensino Baseados em Mindfulness

·         Os supervisores devem conhecer asdiretrizes do Manual de Boas Práticas para Supervisores e aderira elas.

·         Além disso, devem conhecer as seguintes diretrizesdeBoas Práticas para treinadores de facilitadores em Práticas Baseadas em Mindfulness:

o   Continuar a ensinar cursos baseados em mindfulness;

o   Responsabilizar-se pela facilitação de, pelo menos, nove cursos de oito semanas de práticas baseadas em mindfulness, em no mínimo três anos.

o   Oferecer treinamentos com duração mínima de 12 meses;

o   Ter competência reconhecida como instrutor de cursos de práticas baseadas em mindfulness – conforme avaliação de colegas qualificados por meio de Critérios de Avaliação de Ensino (MBI: TAC – Teaching Assessment Criteria).

o   Assegurar-se, quando supervisionar professores novatos, de que eles estão seguindo currículo no qual foram treinados.

o   Estar sob supervisão regular;

o   Participar com frequência de retiros que facilitem o aprofundamento da prática (duração ideal de pelo menos sete dias).

o   Manter-se atualizado a respeito das evidências científicas – comprovadas e em curso – sobre as intervenções baseadas em mindfulness, com ênfase especial em supervisão para sua área de especialidade.

o   Atualizar-se com relação aos métodos para mensurar habilidades de ensinar programas baseados em mindfulness e manter as boas práticas.

o   Estar envolvido na prática e na compreensão de mindfulness, baseando-se no entendimento científico e clínico, assim como nos antecedentes históricos das relevantes tradições espirituais e filosóficas, dentre as quais o mais comum exemplo é a tradição budista.

o   Perguntar aos participantes dos cursos que oferece apenas aquilo que perguntaria a si mesmo, tanto em relação à prática formal, quanto à informal.

  • Supervisão Baseada Em Mindfulness — Treinamento e Experiência

Supervisores precisam: Ter completado um treinamento específico em supervisão em mindfulness (mínimo de 2 dias) ou ter demonstrado experiência equivalente.

Trabalhar dentro de um modelo conduzido por “inquiry” (autoinvestigação) de supervisão baseada em mindfulness sugerimos o conhecimento do artigo a seguir: (ex.: http://link.springer.com/article/10.1007/s12671-014-0292-4), assim como ter familiaridade com outros modelos de supervisão.

· Estar familiarizado com o uso do Mindfulness-Based Interventions: Teaching Assessment Criteria (MBI-TAC) como auxílio à supervisão.

· Estar familiarizado com os princípios que influenciam aprendizado e desenvolvimento de indivíduos e grupos.

·   Ter estudo contínuo e orientação em curso, para apoiar o aprofundamento da própria prática de mindfulness como supervisor. Isso pode incluir entrevistas ou reuniões com um instrutor em retiros dirigidos por instrutores; diálogo contínuo com um instrutor experiente em meditação; orientação e estudo com um supervisor experiente de mindfulness que possui essas habilidades e experiência.

·   Ter familiaridade com os fundamentos teóricos da abordagem de mindfulness ensinada e seus objetivos e intenções, (ex.: MBSR / MBCT) e envolver-se em atualizações regulares, através de leitura, oficinas etc.

·     Identificar seus próprios limites, em termos de conhecimento especializado, experiência e sua própria prática de mindfulness.

  • Supervisão Baseada Em Mindfulness Em Contextos Clínicos:

·    O supervisor, de preferência, deve ser treinado clinicamente.

·    Se o supervisor não for treinado ou qualificado na área clínica que se propõe a supervisionar, este deve limitar sua supervisão às áreas não clínicas de conteúdo e processo de mindfulness.

·     A responsabilidade clínica deve ser realizada por um supervisor clínico separado de acordo com os arranjos estabelecidos pelo empregador ou organização do supervisor, o que deve ser claramente detalhado no contrato de supervisão. Pode haver ocasiões em que o supervisor e o supervisor clínico são a mesma pessoa.

  • Competências Específicas Para Supervisão Baseada Em Mindfulness

·   Conhecimento e compreensão de ética e prática profissional.

·    Conhecimento e compreensão do programa que está sendo ensinado, ex: MBSR/M-CCP.

·    Compreensão das questões-chaves em se trabalhar com diversidade.

·   Capacidade de estabelecer contratos gerais de supervisão, identificando, adaptando e levando em conta:

o   A natureza do trabalho, contexto e habilidades de especialista requeridas (ex: trabalhando com câncer, dor crônica, supervisão de estudantes de mestrado)

o   O contexto organizacional (SUS, terceiro setor, setor privado, educação, ambiente de trabalho etc.)

o   A prática de mindfulness do supervisionado e necessidades relativas ao desenvolvimento do ensino em mindfulness

·         Capacidade de desenvolver e manter uma aliança de trabalho

·         Habilidade para criar um ambiente de aprendizagem seguro e desafiador, onde o suporte educativo e aspectos éticos da supervisão são equilibrados de acordo com a demanda.

·         Capacidade de recorrer e incorporar a própria prática de mindfulness enquanto emprega um processo de “inquiry” para facilitar a aprendizagem do supervisionado.

·         Capacidade de supervisionar e orientar o desenvolvimento da prática pessoal de mindfulness do supervisionado, relacionando-a com o trabalho e a vida do supervisionado.

·         Capacidade de habilitar o supervisionado para apresentar material de supervisão apropriado e refletir sobre ele, usando a sessão de supervisão efetivamente.

·         Capacidade de apoiar o supervisor na identificação de seus pontos fortes e necessidades de aprendizagem e fornecer feedback que facilite a aprendizagem.

·         Capacidade de dar feedback preciso e construtivo e desafiar as práticas precárias quando necessário.

·         Capacidade de realizar supervisão em diferentes formatos e através de diferentes meios: grupo, individual, pares, telefone, Skype e face-a-face.

·         Capacidade de incorporar na supervisão observação direta e/ou observação através de gravações do ensino do supervisionado.

·         Capacidade de refletir sobre o próprio trabalho como supervisor e identificar suas próprias necessidades de treinamento e supervisão.https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2352250X18301283 pesquisar /